terça-feira, 21 de março de 2017

Deixe Deus Lhe Amar

Quando minhas filhas dormiam no berço e usavam fraldas, eu chegaria em casa, chamaria os nomes delas e elas viriam correndo com braços estendidos e vozes gritando. Nós rolaríamos no chão, coçaríamos barrigas e brincaríamos rindo. O único pedido delas era, “Papai, vamos brincar.” E eu não exigia nada delas, a não ser “Não bata em Papai com o martelo.” Meus filhos me deixavam amá-los.
Mas, suponha que elas me procuraram como nós procuramos Deus. “Olá Pai, que bom que estás em casa. É isso que eu quero!” E eu ia querer dizer “Por que você não sobe no colo de Papai e me permite dizer o quanto lhe amo?”
Já pensou que talvez Deus queira fazer o mesmo contigo? Ele não diria isso para mim! Será que não? Faz quanto tempo desde que você o permitiu? Deixe Deus lhe amar.

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©